Boicote à reforma trabalhista

Joaquim Augusto S. S. Azevedo Souza

Mês que vem, a reforma trabalhista, aprovada em julho último pelo Congresso Nacional, passará a vigorar. Certamente as inovações introduzidas na Consolidação das Leis do Trabalho de 1943 e em alguns tópicos da legislação trabalhista vigente, contribuirão não só para melhorar as relações entre capital e trabalho, mas para a própria geração de empregos, ainda hoje muito aquém das necessidades do povo brasileiro…

Clique na imagem abaixo e leia mais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *